sábado, 10 de novembro de 2012

Montando um consultório de psicologia


O ambiente do consultório de psicologia precisa ser agradável. Isso qualquer um sabe e, na verdade, se aplica a qualquer tipo de consultório. Mas em se tratando da área da psicologia, a importância é ainda maior.


O psicólogo não é o profissional que apenas "atende" pessoas em sofrimento, em angústia, ou em doença psíquica. O psicólogo as acolhe. Então, é preciso um ambiente acolhedor, aconchegante, organizado, limpo, cheiroso, bonito, bem localizado, refrigerado, seguro, silencioso, isolado acusticamente, iluminado na medida certa. O paciente precisa se sentir a vontade, e a primeira condição para isso é se sentir acolhido - e o preparo do ambiente certamente também vai contar para isso.

Um ambiente que atenda às expectativas acima citadas não é tão fácil montar, embora possa parecer, e muito menos barato. Além disso, o local deve ter a licença da vigilância sanitária e dos bombeiros, que são garantias de que respeita as normas de segurança brasileiras. Psicólogos recém-formados que pretendem abrir seu primeiro consultório, em geral, sofrem um pouco. É a insegurança da inexperiência, somada a falta de dinheiro comum a todo começo de profissão, ... Aluguéis, despesas e impostos são caros, o tamanho das salas está cada vez mais reduzido, poucas tem um isolamento acústico e iluminação satisfatórios,... Sem contar a mobília, os acessórios afins, tais como o ar condicionado, a impressora, o netbook, os brinquedos, etc e o material científico, que são os testes.

basiquinho...
A minha intenção com esse texto não é fazer um estudante da área ou um recém-formado desanimar. É delicado começar numa sala em condições ideais e a realidade é que muitos consultórios deixam a desejar em vários desses fatores. Pode ser delicado, mas não é impossível! A criatividade vai contar bastante também na redução de custos, assim como o bom gosto. Você pode pedir aquelas poltronas antigas da sua avó, e reformá-las, por exemplo. Podem ficar bem modernas e sairão bem mais em conta. Você pode ir aos móveis usados e achar uma mesa bacana, prateleiras bonitas, um espelho simples, um abajour diferente, e tudo sairá mais barato e, se bem combinados, vão deixar seu consultório charmoso, até com um toque original.

mesa em L, original
Outra dica é conversar com os parentes e amigos próximos, para saber se podem colaborar te presenteando com algum objeto, inclusive usado. Sua mãe não quer mais o tapete da sala? Aproveite-o. Tem uma tia costureira? Peça-lhe que faça as cortinas. Tem um primo dono de papelaria? Peça-lhe papéis. Mobilizar as pessoas por uma causa sua não é vergonhoso, pelo contrário, elas perceberão seu empenho frente às condições adversas e certamente se orgulharão de você. Além do mais, ser apoiado nos dá forças para continuar.

cantinho infantil
O primeiro consultório em que atendi (sem contar a da clínca-escola) foi gentilmente cedido por uma amiga formada. Ela não me cobrou um centavo pelos atendimentos que realizei, foi um incentivo e tanto. Depois montei um consultório nessas condições em que citei acima, com bastante criatividade. Hoje atendo numa clínica de saúde, mas ainda quero muito mais. O ambiente do consultório conta muito, porém a atitude do profissional conta muito mais. A postura acolhedora e a firmeza da psicóloga é que farão a diferença - contudo, o ambiente apropriado sem dúvida vai complementar o acolhimento do paciente. Afinal, ele pode "relevar" alguma falha no ambiente, mas a falha na postura da profissional pode destruir em segundos o andamento da psicoterapia.  

5 comentários:

  1. Respostas
    1. Adorei o post! Realmente é um desafio para quem acabou o curso há pouco tempo e tem o sonho de montar um consultório... mas com a sua objectividade até motiva uma pessoa! ^^

      Excluir
  2. Gostei muito do seu blog!

    Estou montando uma sala para ludoterapia... gostaria de receber umas dicas de quais brinquedos comprar e onde comprar... aguardo e desde já agradeço!

    ResponderExcluir

Sua opinião é importante para nós.
Comente! Obrigada.